Os simuladores de PEMT/PTA "devem servir para aprimorar, mas não para substituir", o curso existente da IPAF

IPAF XR Estratégia

Tecnologias que incluem a realidade virtual (VR) e simuladores de plataformas (PEMT/PTA) estarão em breve aprimorando o curso para operadores, embora não seja provável que venham a substituir os testes práticos no futuro próximo, de acordo com um artigo estratégico detalhado sobre realidade estendida (XR) publicado pela International Powered Access Federation.

Em 2018, a IPAF conduziu uma consulta em todo o setor sobre essa nova tecnologia empolgante e produziu um artigo estratégico detalhado com base nos resultados. Os membros da IPAF trabalharam junto a esta para produzir um documento de políticas sobre como os sistemas de realidade virtual podem ser utilizados para formar/treinar operadores de PEMT/PTA de maneira eficaz e segura. Isso levou ao revolucionário conjunto de recomendações que estão sendo implantadas em 2019.

Tim Whiteman, CEO e Diretor Geral da IPAF, comenta: “O setor de formação/treinamento em PEMT/PTA está passando por uma revolução em realidade virtual, com simuladores de PEMT/PTA tão avançados que os operadores tinham que encontrar um arnês/cinto de segurança de tipo paraquedista imaginário ao operá-las, ou chegaram mesmo a ser convidados a sair do simulador por terem sentido vertigens ou enjoos por causa da movimentação!

“Queríamos saber a opinião de todos, desde pessoas que nunca tinham utilizado uma PEMT/PTA, até instrutores de nível sênior da IPAF, desde estudantes a pioneiros em acesso aéreo e aqueles em cargos de chefia e instituições, alugadores/locadoras e fabricantes do setor”.

A IPAF levou para os eventos um sofisticado simulador de PEMT/PTA desenvolvido por uma empresa associada. Dentro desses eventos estão o IPAF Summit em Miami, EUA; a Intermat em Paris, França; o Vertikal Days and Elevation no Reino Unido; o IPAF Asia Conference em Kuala Lumpur, Malásia; e o Euro Institut: Fórum de Saúde e Segurança do Parlamento da UE em Estrasburgo, França.

A IPAF também levou o simulador a outros eventos destinados àqueles que abandonam a escola, a funcionários da construção e da saúde e segurança para ampliar tanto quanto possível a base de envolvimento, e garantir que as contribuições para a consulta não fossem oferecidas exclusivamente a especialistas em acesso aéreo. Todos aqueles que experimentaram o simulador ou que experimentaram diferentes aplicativos de VR ou simuladores foram convidados a responder a uma pesquisa online pelo site da IPAF.

Tim Whiteman acrescenta: “O feedback recebido pela IPAF foi fantástico. Nos últimos meses de 2018, uma equipe de funcionários da IPAF elaborou um artigo estratégico sobre realidade estendida, determinando importantes recomendações e objetivos e desenvolvendo uma estratégia de implantação em 2019 e mais para além disso”.

Entre todas as conclusões em resposta à consulta foi que há motivos substanciais para se utilizar a XR para melhorar a formação/treinamento. Nenhuma tecnologia anterior demonstrou tanto potencial de revolucionar a maneira como a IPAF proporciona aos candidatos o conhecimento e habilidades para permanecerem seguros.

Uma das preocupações manifestadas pelos consultados foi que a utilização exclusiva de XR no curso de operadores pode criar “uma sensação de invencibilidade”, pois os operadores podem simplesmente “reinicializar” após um acidente. A IPAF decidiu não tornar obrigatório o uso da tecnologia XR nos seus cursos, mas que isso não evitaria a utilização da XR no aprimoramento da formação/treinamento.

A IPAF descartou a hipótese de ela mesma desenvolver equipamentos XR ou simuladores, optando, em vez disso, por desenvolver um sistema pelo qual pudesse analisar, aprovar e certificar hardware e software de XR que pudessem ser utilizados para realizar a interface com o programa de formação/treinamento da IPAF, em especial o programa da Qualificação IPAF PAL+, ou para desempenhar funções importantes na entrega de familiarização e instruções de segurança relacionadas ao uso de PEMT/PTA e Plataformas de Cremalheira.

O artigo estratégico da IPAF diz que a XR pode ser aplicada para:

  • Complementar as diretrizes da IPAF e orientar sobre o uso seguro de plataformas PEMT/PTA;
  • Aprimorar a aprendizagem dos operadores;
  • Aprimorar a noção sobre segurança dos operadores.

Além disso, o artigo propõe as principais recomendações a seguir:

  • Simuladores podem ser utilizados na preparação eficaz de candidatos para os testes práticos.
  • A Realidade aumentada (AR) aprimoraria as verificações de pré-utilização das PEMT/PTA e enriqueceria a formação/treinamento teórico-prático.
  • Um vídeo interativo de 360° pode contextualizar uma gama de perigos associados ao uso de PEMT/PTA.
  • Simuladores de RV podem desempenhar um papel importante em cursos de reciclagem e testar a competência atual do operador.

O artigo estratégico sobre XR da IPAF foi aprovado para publicação pelo Conselho e Diretoria da IPAF nos últimos meses de 2018 e publicado em janeiro de 2019.

A IPAF trabalha agora juntamente com os membros e aqueles que desenvolvem hardware e software para a implantação de sua estratégia de XR, que proporcionará uma estrutura e termos de referência àqueles que buscam aplicar ou adotar a tecnologia para aprimorar a formação/treinamento ou certificados reconhecidos e complementar o uso seguro de plataformas PEMT/PTA ao redor do mundo. Para mais informações sobre a estratégia de XR da IPAF, visite o site www.ipaf.org/XRstrategy

 

Outras notícias que pode interessá-lo

  • A IPAF assinou um acordo com a ASEAMAC - Asociación de Alquiler de Maquinaria y Equipos, de Espanha, para colaborar em projetos e eventos e também para oferecer taxas de adesão com descontos em assinaturas e eventos para os membros de cada organização. Esse acordo foi assinado por Tim Whiteman, CEO & MD da IPAF, e Juan José Torres, presidente da ASEAMAC, na Conferência Anual da ASEAMAC em Madrid, Espanha.

  • A IPAF lançará oficialmente sua campanha global de segurança em 2019 na gigantesca exposição de equipamentos de construção Bauma perto de Munique, na Alemanha, de 8 a 14 de abril de 2019. O estande da IPAF está confirmado com o nº 711, Hall C4, no local de exibição e apresentará também um simulador sofisticado de plataformas (PEMT/PTA), que se mostraram muito populares nos eventos da IPAF em 2018.